8 dicas para melhorar o networking do escritório de advocacia

8 dicas para melhorar o networking do escritório de advocacia

Quem é advogado sabe muito bem que ter uma rede de contatos com os demais profissionais é fundamental para garantir o desenvolvimento do escritório, pois é essa conexão que permite o reconhecimento do advogado e a captação de clientela.

Se você não está obtendo bons resultados com o seu trabalho, está na hora de melhorar o networking do escritório de advocacia.

E, para isso, reunimos dicas valiosas para auxiliá-lo a dar os primeiros passos para melhorar a sua rede de contatos e, consequentemente, aumentar o prestígio do seu escritório de advocacia na sociedade jurídica.

Quer saber quais são essas dicas? Acompanhe!

1. Participe de palestras e cursos

Participar de eventos jurídicos como palestras, seminários, congressos e cursos é uma ótima oportunidade para se relacionar com outros profissionais da sua área, além de oportunizar o aumento do seu conhecimento.

É interessante que o advogado se disponha a participar não só como ouvinte, mas também como palestrante. Isso, além de demonstrar domínio sobre a sua área de atuação, passa uma maior credibilidade acerca de sua capacidade intelectual e competência para atuar na defesa de clientes ouvintes.

2. Mantenha um bom relacionamento com seus colegas

Seus colegas e ex-colegas de faculdade e trabalho podem ser importantes colaboradores para o seu crescimento profissional, já que na área da advocacia é muito comum e frequente a indicação de profissionais.

Por isso, não deixe de prestigiar seus colegas e de comparecer aos eventos em que for convidado por eles. Além disso, mantenha-os sempre próximos para que você possa tirar dúvidas e trocar informações com esses profissionais.

Lembre-se, ninguém cresce sozinho. Vale a pena dedicar um tempinho da sua semana para encontrá-los.

3. Tenha sempre em mãos cartões de visita

Entregar cartões de visita é uma tradição antiga que sempre gera resultados positivos. Faça um cartão com as suas informações principais (e-mail, celular, endereço etc.) e com um belo layout para que, quando forem entregues causem um impacto positivo.

Tenha sempre cartões consigo, pois não se pode prever em qual momento aparecerá um potencial cliente.

Nesse sentido, aparecendo uma oportunidade, você poderá entregar o seu cartão e mostrar a sua disponibilidade para a defesa jurídica do caso, de modo que o cartão será uma forma de se “manter vivo” na memória do cliente.

4. Trabalhe como advogado correspondente

Uma das melhores opções para quem deseja aumentar a rede de contatos é trabalhando como correspondente jurídico, modalidade em que o advogado atua em nome de outro profissional ou escritório, quando estes precisam realizar alguma diligência em locais distantes de sua sede de trabalho.

Assim, para que o advogado não necessite ir até o local da diligência, contrata-se por meio de sites de correspondência um advogado que atue no local em que a atividade deve ser realizada. Essa prática é muito vantajosa, pois proporciona economia de dinheiro e tempo.

Além disso, os advogados correspondentes têm a chance de aumentar os seus rendimentos e melhorar o seu networking com os mais variados profissionais, porque receberá propostas de todas as regiões do país e, consequentemente, haverá uma troca de contatos.

Vale lembrar que se o seu trabalho agradar quem o contratou, poderão ocorrer novas contratações e, até mesmo, indicações de clientes.

5. Participe dos grupos de advogados nas redes sociais

Redes sociais são uma ótima ferramenta para quem busca melhorar ou criar o seu networking, pois existem infinitos recursos que permitem conhecer outros profissionais e trocar contatos.

É muito comum a existência de grupos no WhatsApp ou Facebook, nos quais os advogados trocam informações e dúvidas. Por isso, é importante que você esteja “presente” nesses meios para acompanhar os seus colegas e trocar experiências com pessoas que possuem outras visões sobre a área.

Se você não gosta dessas duas redes sociais e prefere um perfil mais profissional, o Linkedin é uma ótima opção. Essa ferramenta é uma rede social mais corporativa, em que o profissional pode criar um perfil com as suas informações profissionais, formações acadêmicas, idiomas, áreas de atuação e outros.

6. Tenha boas mídias sociais

O marketing jurídico sempre foi uma boa opção para os advogados que desejam aumentar a sua rede de clientes e contatos, pois é uma das formas mais eficazes de divulgar o escritório e o nome do profissional.

Usar sites, blogs e escrever colunas jurídicas são ferramentas valiosas para quem quer mostrar a capacidade e o domínio do conteúdo profissional, pois falar sobre um tema faz com que você se torne referência no assunto.

Os custos são pequenos para quem usa esses recursos e o retorno tende a ser sempre muito positivo. Porém, lembre-se de fazer a sua publicidade dentro do que permite a OAB, ou seja, sem que ela se confunda com a mercantilização da profissão, pois é vedado.

7. Indique para ser indicado

Se algum cliente entrar em contato com você e, por alguma razão, você não poderá atendê-lo, a melhor solução é indicar um colega para atuar no caso.

Essa situação é bem frequente pelo fato de que os escritórios são especializados em áreas específicas e preferem não atuar em casos que fogem de sua área.

Tal prática, na verdade, é muito importante, pois pode proporcionar mais indicações para o seu escritório. Você pode formar parcerias com vários advogados de outras áreas e aumentar as suas chances de receber mais clientes.

Quem pratica a indicação sabe que é uma atitude que sempre traz bons resultados para todos os envolvidos, além de garantir que o cliente tenha o seu direito devidamente defendido, já que estará amparado por um profissional especializado na área.

8. Preste serviços voluntários

Existem várias organizações sem fins lucrativos que precisam de serviços jurídicos, tais como igrejas, associações e fundações.

Além de ajudar várias pessoas com o seu trabalho, você passa a ser conhecido entre os outros membros dessas entidades e faz com que eles o indiquem para outras pessoas quando precisarem de um advogado.

Agora que você já sabe como melhorar o networking do escritório de advocacia comece a pôr em prática todas as dicas, em pouco tempo seus resultados dobrarão!

Além disso, lembre-se de que o mais importante é construir relações de confiança com outros profissionais e mostrar a sua competência para o desempenho de qualquer tarefa.

Quer saber mais sobre o assunto? Baixe nosso e-book sobre marketing jurídico e fique por dentro do tema!

Share This